Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007
Um Natal diferente...

santaletter.gif


Esqueço as pressas, o relógio que teima em não parar o tempo, o dinheiro gasto impensadamente, as correrias de última hora.


Páro. É véspera de Natal e, após uma última tarefa ali e um ajuste aqui, tudo parece aquietar-se ao meu redor.


Sento-me e, apenas com a luz das velas que fui acendendo pela sala a iluminar-me, deixo-me quedar, admirando o que acabei de preparar.


Agora esqueço tudo o que é material, os presentes embrulhados à pressa, embora escolhidos "a dedo", os telefonemas, os postais, as mensagens. Tudo isto se esvanece no meu espírito e permaneço em silêncio, reflectindo sobre o que realmente conta e de que nos apercebemos, quase sempre, tão tarde.


Não posso trazer de volta a companhia de todos aqueles a quem tanto amo e que, cedo demais ou, quem sabe, no tempo devido, partiram para uma outra vida que não esta a que tão pouco valor e crédito damos. Nâo os posso abraçar, beijar, ver sorrir ou sequer ouvir as histórias sem fim de natais passados, acompanhar a preparação dos doces mais tradicionais, pôr a mesa que assim permanecerá até ao Dia de Reis.


Sinto a vossa falta.


Contudo, em cada chama acesa brilha um sorriso, em cada cintilar um olhar de tanta saudade quanto de esperança e é essa que me move, na caminhada diária que uma vez mais me trouxe até aqui, no percurso que vou trilhando em busca dos objectivos traçados e sempre almejados.


De repente, sinto uma cabeça que roça nas minhas pernas e outra que se enrosca nas minhas mãos.


Não estou só, nunca estive só.


Faço-me companhia neste Natal e, mesmo quando tu não estás, estou cá eu comigo e com as "pestinhas" do costume.


Mais do que quando o Homem quer, o Natal é crer no Homem e nele mesmo.


Um Santo e Feliz Natal!


Rosália, 25/12/2007


 



publicado por scorpiowoman às 23:40
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds