Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
Luz

falling_star.jpg


Esta foi a magia que trouxeste à minha vida, a luz de uma estrela cadente espelhada no teu olhar profundo que me inebria.


Um dia constatei que alguém descobriu como transformá-la numa canção.


Linda.


Como tu.


Rosália, 28/06/2007


Everything


(Michael Buble)


You're a falling star, You're the get away car.
You're the line in the sand when I go too far.
You're the swimming pool, on an August day.
And you're the perfect thing to say.

And you play you're coy, but it's kinda cute.
Ah, When you smile at me you know exactly what you do.
Baby don't pretend, that you don't know it's true.
Cause you can see it when I look at you.

[Chorus:]
And in this crazy life, and through these crazy times
It's you, it's you, You make me sing.
You're every line, you're every word, you're everything.

You're a carousel, you're a wishing well,
And you light me up, when you ring my bell.
You're a mystery, you're from outer space,
You're every minute of my everyday.

And I can't believe, that I'm your man,
And I get to kiss you baby just because I can.
Whatever comes our way, ah we'll see it through,
And you know that's what our love can do.

[Chorus:]
And in this crazy life, and through these crazy times
It's you, it's you, You make me sing
You're every line, you're every word, you're everything.

So, La, La, La, La, La, La, La
So, La, La, La, La, La, La, La

[Chorus:]
And in this crazy life, and through these crazy times
It's you, it's you, You make me sing.
You're every line, you're every word, you're everything.
You're every song, and I sing along.
'Cause you're my everything.
Yeah, yeah

So, La, La, La, La, La, La, La
So, La, La, La, La, La, La, La, La, La, La, La


publicado por scorpiowoman às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Junho de 2007
Uma imagem...

foto_amore_21.jpg


... vale mais do que tudo o que poderia escrever sobre os momentos que vivo a teu lado, numa constante descoberta do mais ínfimo que é a Vida.


Como é bom.


Rosália, 25/06/2007



publicado por scorpiowoman às 00:37
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 19 de Junho de 2007
Nada mais científico!

Resta-me perguntar: Queres fazer limonada ;)?


Rosália, 19/06/2007



publicado por scorpiowoman às 00:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Sábado, 16 de Junho de 2007
Como uma flor

floraserrasintra.jpg


Perdida no meio da vegetação, encontraste-me.


Reconheceste a minha beleza no meio de todas as outras e protegeste-me.


Por entre intempéries diversas, mal ou bem, fui resistindo, procurando sempre alcançar o calor do teu toque nas minhas pétalas que são, afinal, o meu corpo.


Quando finalmente o encontrei, senti-me florescer em todo o meu esplendor de flor selvagem e bravia, aquela a quem conquistaste e roubaste o coração.


Rosália, 16/06/2007



publicado por scorpiowoman às 23:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

No meu cantinho

fogli.jpg


Encontro o refúgio para a solidão de estar sem ti.


Não demores.


Leio e escrevo, esperando pelo momento em que te abraçarei de novo.


Não demores.


As saudades, essas, são cada vez mais fortes.


Não demores.


Apetecia-me ser folha e poder voar até ti, repousar nas tuas mãos e, ao sentir o teu toque, beijar os teus dedos impregando a tua pele de carinho e ternura, numa imensidão que é este sentir que trago dentro do coração.


Não demores.


Rosália, 16/06/2007



publicado por scorpiowoman às 02:11
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 15 de Junho de 2007
À noite...

paraiso05.jpg


Como me custa adormecer sem te sentir em mim.


Acordar e ter apenas um vazio ao meu lado.


Sentir a dor das saudades do teu abraço, do teu sentir, do teu cheiro!


Viver o tormento da insónia que teima em perseguir-me noite após noite.


Não demores! Vem depressa.


Quem sabe não conseguirei finalmente dormir em ti e contigo?


Rosália, 15/06/2007



publicado por scorpiowoman às 00:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quarta-feira, 13 de Junho de 2007
Naquele instante

peninhaestrada.jpg


Soube que chegara o momento de te dizer o que já há muito adivinharas.


Olhei bem fundo nos teus olhos e mergulhei na tua alma.


Inspirei fundo e deixei-me levar.


Falei.


Fechei os olhos.


Ao sentir as tuas mãos nas minhas faces, geladas pelo nevoeiro que nos envolvia, olhei-te.


Sorrias.


Na minha mente, uma melodia.


Naquele instante, o nosso abraço e toda a ternura de um carinho ímpar.


Rosália, 13/06/2007


Quando Eu Te Falei Em Amor


(André Sardet)


 


Quando os meus olhos te tocaram
Eu sei que encontrara
A outra metade de mim
Tive medo de acordar
Como se vivesse um sonho
Que não pensei em realizar



E a força do desejo
Faz-me chegar perto de ti


Quando eu te falei em amor
Tu sorriste para mim
E o mundo ficou bem melhor
Quando eu te falei em amor
Nós sentimos os dois
Que o amanhã vem depois
E não no fim

Estas linhas que hoje escrevo
São do livro da memória
Do que eu sinto por ti
E tudo o que tu me das
É parte da história que eu ainda não vivi

E a força do desejo
Faz-me chegar perto de ti



Quando eu te falei em amor
Tu sorriste para mim
E o mundo ficou bem melhor
Quando eu te falei em amor
Nós sentimos os dois
Que o amanhã vem depois e não no fim



 




publicado por scorpiowoman às 00:47
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 12 de Junho de 2007
Tu

Victor_Ivanovski.jpg


Abraças-me como se não me quisesses largar mais.


Mergulhas o teu olhar no meu e eu perco-me num sentir que é só nosso.


Olhas o horizonte e juntos descobrimos o que está ainda mais além.


- Páras e seguras o meu rosto entre as tuas mãos.


Tens o poder de me silenciar e no eco do que não é dito está tudo.


Encerras no teu toque a magia do nevoeiro que nos envolve e encobre num momento só nosso.


Rosália, 12/06/2007



publicado por scorpiowoman às 00:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 10 de Junho de 2007
Domingo

serenidade.gif


Tranquilidade.


Harmonia.


Serenidade.


Reencontro.


Silêncio.


Percurso.


Riso.


Cansaço.


Temperança.


Tu.


Rosália, 10/06/2007



publicado por scorpiowoman às 23:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 9 de Junho de 2007
Depois

cama.jpg


Foi como se o Mundo desabasse sobre mim e só então conseguisse vencer a cegueira prolongada que me impus durante tanto tempo, tantos meses, ansiando por concretizar o que nunca deveria ter acontecido.


Na tua ausência, que se prolonga cada vez mais no tempo, sinto-me enfim a despertar para a realidade mais temida, que se torna agora concreta.


Questiono-me como pude ser tão ingénua ao ponto de pensar que o meu amor por ti seria mais forte do que tudo o resto, do que o teu não amor, a tua não paixão?


Páro e deixo as lágrimas rolarem por entre as margens desse rio que é o meu corpo, cujo leito se traduz na minha alma, ao ritmo errático da corrente do meu coração, dorido e magoado por este amor que nunca deveria ter existido.


Rosália, 09/06/2007 


Out of Reach


(Gabrielle)


Knew the signs
Wasn't right
I was stupid for a while
Swept away by you
And now I feel like a fool
So confused,
My heart's bruised
Was I ever loved by you?

Out of reach, so far
I never had your heart
Out of reach,
Couldn't see
We were never
Meant to be

Catch myself
From despair
I could drown
If I stay here
Keeping busy everyday
I know I will be OK

But I was
So confused,
My heart's bruised
Was I ever loved by you?

Out of reach, so far
I never had your heart
Out of reach,
Couldn't see
We were never
Meant to be

So much hurt,
So much pain
Takes a while
To regain
What is lost inside
And I hope that in time,
You'll be out of my mind
And I'll be over you

But now I'm
So confused,
My heart's bruised
Was I ever loved by you?

Out of reach,
So far
I never had your heart
Out of reach,
Couldn't see
We were never
Meant to be

Out of reach,
So far
You never gave your heart
In my reach, I can see
There's a life out there
For me



publicado por scorpiowoman às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds