Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013
Incertezas

Foi um choque voltar a este cantinho que, confesso, tenho deixado ao abandono nos últimos meses.

 

Quase seis, a bem da verdade. Meio ano. Tanto, tanto tempo e tanta coisa que se passou desde então.

 

Acontecimentos bons, maus e assim-assim, reflexos da vida de qualquer pessoa e a minha não é, de todo, diferente. Apenas minha.

 

Já me questionaram porque deixei de escrever, porque deixei o blog de lado e, a bem da verdade, não há uma razão de ser que o justifique. Ou será que o deixar-me absorver pelo que acontece em meu redor, na minha vida, aos meus e aos nossos, o pode fazer?

 

Tempos de incerteza, estes, pontuados por uma vontade que também tem o seu quê de dúbio e paradoxal: Se, por um lado, me apetece isolar de tudo e todos, até mesmo do mundo, e ficar no meu canto, por outro, apetece-me partilhar o que por aqui vai (dentro de mim), em busca de um diálogo (embora creia que, sem leitores, será mais um monólogo... e bem merecido, não tenho dúvidas) que me permita alcançar alguma paz e serenidade, quando as mesmas escasseiam.

 

Sinto falta da inspiração, das letras que digitava quase sem pensar, formando as palavras que quase me afogavam o pensamento de tão céleres, numa cadência semelhante à do embater das ondas na costa em dia de mar revolto e tempestuoso.

 

Sinto falta deste espaço e não sei como o reavivar, reanimar, preencher.

 

Só sei que não o quero deixar morrer, não quero mais uma perda de mim.

 

Espero voltar. Neste momento, apenas consigo esperar.

 

Rosália.

 


sinto-me:

publicado por scorpiowoman às 12:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds