Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Domingo, 20 de Maio de 2007
Fugaz momento de amargura

alone.jpg


Nem sempre o sol brilha.


Às vezes, interrogo-me se a saudade que tanto me magoa faz de todo sentido.


Por escassos momentos, a possibilidade de simplesmente não existir aflora o meu pensamento.


Às vezes, a amargura é tão forte que só a vontade de viver me vence no tormento da solidão sem ti.


Rosália, 20/05/2007


 


Missing


(Evanescence)


Whispered:
Can you stop, please?
Can you stop the fire?
You cant stop the fire,
you wont say the words.
Please, Please


Please, please forgive me,
But I won't be home again.
Maybe someday you'll look up,
And, barely conscious, you'll say to no one:
"Isn't something missing?"

You won't cry for my absence, I know -
You forgot me long ago.
Am I that unimportant...?
Am I so insignificant...?
Isn't someone missing me?

Even though I'm the sacrifice,
You won't try for me, not now.
Though I'd die to know you love me,
I'm all alone.
Isn't someone missing me?

Please, please forgive me,
But I won't be home again.
I know what you do to yourself,
I breathe deep and cry out,
"Isn't someone missing me?"

Even though I'm the sacrifice,
You won't try for me, not now.
Though I'd die to know you love me,
I'm all alone.
Isn't someone missing me?

And if I bleed, I'll bleed,
Knowing you don't care.
And if I sleep just to dream of you
I'll wake without you there,
Isn't something missing?
Isn't something.......

Even though I'm the sacrifice,
You won't try for me, not now.
Though I'd die to know you love me,
I'm all alone.
Isn't someone missing me?



publicado por scorpiowoman às 23:12
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De rainbowsky a 22 de Maio de 2007 às 15:22
às vezes a solidão é um tormento demasiado grande para se poder compreender, às vezes maior quando pensamos demasiado em coisas ou pessoas que já nos magoam mais do que nos trazem alegria ao espírito. Mas que não te passe pela cabeça o não existir. Vale mais passar pela amargura, porque um dia tenho a certeza que ela vai dar lugar à felicidade. É o que desejo que realmente te aconteça. Mais uma vez uma imagem belíssima e uma música fantástica que diz muito daquilo que sentes. beijinhos doces do arco-íris***


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds