Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007
Assim...

AngelTearsofblood.jpg


Sem mais palavras.


Apenas uma música.


Rosália, 10/05/2007


All the promises


(Skye)

Such a shame, do you sit and wonder
Was it just a waste of time
We broke the chain and left the cross behind
You can keep the frame, I don't want the part that's time

I don't need you to talk to me
Or cast a light on this broken dream
With all that we've seen, beginning to end
All I believed, all the promises...

Who's to blame, I won't point the finger
You can put me first in line
So love's a stain on a shirt like old red wine
But, just like pain, all will fade in time

I don't need you to talk to me
or cast a light on this shattered dream
With all that we'll be, never again
All we believed, all the promises...

I don't need you to comfort me
Or shine a light on this shattered dream
With all that we'll be, never again
All we believed, all the promises

I don't need you
I believed all the promises



publicado por scorpiowoman às 23:16
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De bmal a 16 de Maio de 2007 às 23:39
Estado de choque...Olhos carregados de tristeza.Tenta investigar...


De rainbowsky a 12 de Maio de 2007 às 21:44
É difícil quando chegamos a essa conclusão. De que tudo foram promessas e que apenas existem agora as lágrimas sangrentas da desilusão. Eu sei o que isso é e só lamento com tristeza nunca ter encontrado alguém em quem pudesse confiar a 100%. Nesse dia faria dessa pessoa alguém feliz. Seria alguém que jamais trairia, mas já me fizeram isso a mim. ENfim é assim a vida. Mas há que vivê-la. Não somos como os gatos que às vezes parecem ter sete vidas. Nós temos apenas uma e temos de tentar aproveitá-la. Bom fim de semana. beijinhos do arco-íris**


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds