Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Terça-feira, 8 de Maio de 2007
De repente

openroad.jpg


De repente, todo o meu mundo desabou e a verdade acreditada desde que me lembro de mim estilhaçou-se em mil pedaços, de tal forma quebrada que se torna impossível reconstruí-la. Ainda assim, valeria a pena? Eram apenas mentiras, aparências, enganos e decepções contínuas que, no seu todo, podem ter ajudado a formar a pessoa que hoje sou, mas não me tornam em mim, nem fazem mais parte de mim (se é que alguma vez fizeram) precisamente por não serem reais e, agora, vejo-as como tal.


A minha realidade, de há uns dias para cá, sou eu. Com todas as minhas virtudes. Com todos os meus defeitos. É em mim que se centra este percurso que é a vida e que tenho novamente de aprender a trilhar, mas desta vez deixando para trás todo o peso de um passado que carrego há já tempo demais e que em nada me ajuda quando chega a altura de ultrapassar os obstáculos que vão surgindo, antes me atrasa e impede de ir ainda mais além de mim, do que sei ser possível alcançar por e para mim.


Sei que não basta afirmar e estipular. Há que cumprir e perseguir todos os objectivos deste novo rumo. Se tenho dúvidas? Muitas. Se tenho medo? Imenso. Contudo, ainda que o não evidencie, seja pelas atitudes ou pelas acções, sei bem demais que não hão-de ser esses os motivos para estagnar e deixar de viver, como já o fiz, durante demasiado tempo.


“Promessas leva-as o vento” e “entradas de leão, saídas de cordeiro” são dois dos provérbios que mais acompanharam o meu crescimento e a formação daquela que hoje sou, da minha personalidade, portanto. Durante muito tempo, sempre que tentei algo novo, foram estas as palavras de incentivo. Agora, não as ouço mais e, ainda que possa parecer cruel, ainda bem.


Independentemente do rumo a trilhar, sei que desta vez vou conseguir. Se não for mais depressa, será mais devagar, a seu tempo, no tempo (se calhar finalmente) certo.


Sou eu. É a minha vida. Vivê-la por e para mim é a meta.


Um dia, quem sabe, o resultado de todo este percurso talvez também tenha aqui o seu lugar.


Essa é uma incógnita na certeza do que é viver.


Eu vivo.


 


Rosália, 08/05/2007 



publicado por scorpiowoman às 23:39
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De rainbowsky a 10 de Maio de 2007 às 17:13
Gostei da tua atitude, da tua vontade de viver mais para ti, de lutar por ti. às vezes as coisas do passado e do presente têm o condão de nos indicar que esse é o melhor caminho. Claro não basta apenas querer e afirmar. Há que agir. No meu mundo estou, eu. Depois... esse meu eu é pessimista e é preciso um pouco de esperança, de querer e de optimismo. um dia quem sabe de repente vou perceber que tudo é possível. todos nós temos as nossas virtudes e defeitos, apenas temos de moldá-las à pessoa que somos para sermos melhores primeiro connosco próprio e depois com os outros. Espero sinceramente que um dia esse novo percurso tenha aqui o seu lugar. É sinal que tudo aquilo que fizeste terá valido a pena. Beijinhos doces do arco-íris***


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds