Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Domingo, 19 de Março de 2006
Gosto muito, mas mesmo muito de ti...

omeupai.jpg


Fernando D. C. Sousa (09/06/1944 - 09/08/1986)


Hoje é o teu dia, tal como o foi há já 30 anos atrás, quando soubeste que eu estava "encomendada" e a caminho. Este será sempre o teu dia e, quem sabe daqui a algum tempo, também os teus netos lerão estas linhas e conhecerão então o avô de quem a mãe tanto fala. Curiosa data esta que me fez despertar do torpor que a tua ausência no meu mundo tem sido ao longo de já tantos anos. Curiosa data esta que só hoje me apeteceu celebrar assim, talvez por sentir que a tua memória em mim ganhou nova força, nova vida mesmo que tu não regresses mais.


Olho estas fotografias e paro. Reflicto sobre o que tantas pessoas que nunca te conheceram me dizem: "És a cara chapada do teu pai!". Rio-me quando lembro também aquelas que me viam ao lado da Mãezinha na rua e diziam exactamente o mesmo, mas dirigindo-se a ela com um: "Tão parecidas! Parecem irmãs!" Cedo comecei a perceber que sou o resultado daquilo que se convencionou chamar uma "mistura bem feita", pois herdei as características de ambos de forma bem vincada. Até mesmo em questões de personalidade e aí, Paizinho, acho que estás a ganhar a corrida ;)...


Recordo-te muito. Por vezes, angustia-me pensar que já não me lembro da tua voz, dos teus gestos ou da forma como caminhavas. Tu vivias no mundo dos grandes e eu no das crianças. Ainda assim, sei que me amavas muito e me desejavas tudo de bom, o melhor que eu pudesse ter. A Mãezinha muitas vezes dizia que se eu, um dia, te pedisse a Lua, não hesitarias em ir buscá-la só para me veres sorrir.


Sei que partiste por um desígnio maior e, ainda que por vontade própria, tal caminho terá tido a sua razão e o seu propósito. Sofreste tu com a partida e nós com a tua ausência, mas sei que tal sentimento seria ainda pior se te tivéssemos visto, a ti que eras uma pessoa tão viva e activa, a definhar, lentamente minado por uma doença altamente incapacitante e ainda hoje (infelizmente) incurável.


Hoje quero dizer-te aquilo que não tornaste mais a ouvir da minha boca depois daquele último adeus tão cheio de mágoa e revolta por um gesto teu que, enquanto criança, não tive a mínima capacidade de entender, pois não fazia parte do meu mundo.


Gosto muito, muito de ti Paizinho e sinto ainda mais a tua falta. Para mim foste e serás sempre o melhor Pai do Mundo.


Como eu costumava escrever nos bilhetes que escondia no teu porta-moedas (para encontrares a caminho do trabalho, na manhã seguinte):


"Tem um dia bom. Beijinhos grandes da filha reguila que te adora, Rosália Maria".


 


 



publicado por scorpiowoman às 20:41
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Ana a 27 de Março de 2006 às 22:09
Já me fizeste rir e quase me fizeste chorar com este post. Rir porque quando vi as fotos pensei: "É a cara chapada da Rosália." e quando comecei a ler o post naturalmente, desmanchei-me a rir com a coincidência de palavras. Chorar, sabes porquê - mas não te aflijas, por enquanto está tudo bem.
Costumas dizer que invejas a minha capacidade de exprimir as minhas opiniões, doa a quem doer. Eu invejo a tua capacidade de exprimires tão abertamente os teus sentimentos.
És uma pessoa linda, sabes? Beijinhos


De Formiguinha a 26 de Março de 2006 às 16:53
:)


De Jose Bernardo a 24 de Março de 2006 às 18:37
li o teu texto e eu como pai tocastes mesmo aqui no peito fiquei mesmo com uma lagrima no canto do olho adorei o amor que sentes por ele deixo-te um beijo e guarda-lhe sempre esse carinho


De aflores a 24 de Março de 2006 às 18:03
Como o dia do Pai é todos os dias (estejam eles presentes ou ausentes), aqui estou eu para dizer à minha querida amiga Rosália, que "é a cara chapinha do Pai e... bonita como a Mãe". Bj grande e votos de um excelente fim de semana.


De angelis a 20 de Março de 2006 às 18:37
Ainda tenho meu Pai vivo e ontem, que foi seu dia, juntamos em casa da minha irmã, 3 gerações, meus pais, nós (minha irmã e eu)e a neta deles (minha sobrinha Carolina). Foi um almoço algre e bem disposto, acompanhado também pelo meu cunhado e seus 2 filhos gémeos. Não sei ainda o que é essa ausência, essa saudade, mas sei que a irei sentir um dia, pois meu Pai está com 73 anitos. Para ti um beijo terno de Amizade e que o amor e carinho que sentes pelo teu Pai, assim como a saudade e as lembranças dele, vivam em teu coração, como algo bom.


De liliana a 20 de Março de 2006 às 12:46
Bom dia... realmente és a cara chapada do teu pai... a minha mãe disse:"Eu conheço esta cara!!", e eu põe-lhe o cabelo comprido e uns óculos. Linda sei q esta data é muito simbólica para ti por tudo o que passaste... mas felizmente e apesar de algumas zangas ele deixou bem entregue a tarefa de ser pai a alguém muito especial. Ser pai é algo especial e se por vezes não compreendemos algumas das atitudes deles, fica tudo mais claro quando somos nós a tomar essas mesmas atitudes.Adoro-te e nunca te esqueças disso.-... Jinhos


De Blueyes41 a 19 de Março de 2006 às 20:58
Também gosto muito de ti e da maneira como revelas o teu amor pelos teus. Eu, hoje, não consegui articular escrita sobre o Pai... mas pensei o dia todo nele. Beijinhos


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds