Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2006
Ano Novo...

2006.jpg


Páro. Escuto. Olho.


Preparo-me para atravessar mais uma passadeira da vida.


Por entre as riscas de cada ano que piso, novos passos são dados.


Uns ficam marcados, sob a forma de pegada indelével desta memória que é tão minha quanto nossa, agora.


Outros não consigo, quero ou ouso recordar. Ficam lá atrás, no passado, onde pertencem e tiveram o seu justo (ou será injusto?) tempo.


Olho. Escuto. Permaneço parada.


Começou a contagem.


Segundo a segundo decresce o ano e uma parte da própria vida esvai-se no mesmo. Deixo-me ir, levar pelo som ensurdecedor do que e de quem me rodeia.


Movo-me enfim, numa euforia surda que me cega.


Ei-lo que chega, um novo passo, uma nova risca desta zebra infinita que comecei a cruzar há já tanto tempo que quase não consigo recordar.


Beijo-te ao som do eco da tua voz e olhando o teu rosto luminiscente.


Estou feliz...


 


Rosália :*)


 



publicado por scorpiowoman às 18:08
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De aflores a 11 de Janeiro de 2006 às 17:40
E os "festejos", até que hora duraram?....continuação de boa semana ;)


De angelis a 6 de Janeiro de 2006 às 15:51
Um passo de cada vez...de risca em risca, um pé á frente do outro, com determinação, com segurança e também com Amor, Paz, Fé, Esperança. Que este novo ano, que dá os primeiros passos, seja repleto de coisas boas. Beijinhos e um excelente fim de semana.


De resmungona a 5 de Janeiro de 2006 às 00:25
Sentir felicidade é muito mais do que ser feliz.É assim que quero ver-te sempre, "risca" após "risca" em todas as passadeiras da vida.


De aflores a 4 de Janeiro de 2006 às 18:52
Estás feliz e eu também por te conhecer. Deixa então o ano novo chegar...devagar, devagarinho...uma coisa de cada vez, enquanto eu também paro, escuto e olho:)


De Blueyes41 a 4 de Janeiro de 2006 às 01:27
Isto é lindo de se ler... Beijinhos


De paulo povoa a 4 de Janeiro de 2006 às 00:01
só posso dizer que amo viver contigo, que te amo com o coração e que sempre te vou amar todos os anos da minha vida.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds