Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Terça-feira, 9 de Agosto de 2005
Noite quente de Verão

nossapraia.jpg

  

Quisera eu dizer-te que te amo


E das profundezas do meu ser elevar-te


Na brancura alva da lua deitar-te


E nas nuvens deixar o calor


Que do meu corpo brota e flui devagar


Na busca do teu que se esconde enfim


Aquele em que anseio tocar


E teima em permanecer tão longe de mim.


 


Quisera eu alcançar-te na noite escura


Aquela em que me perco por entre estas linhas,


Tecer no teu corpo constelações de estrelas


Nos teus cabelos entrelaçar a ternura


De um beijo roubado aos teus lábios


Numa carícia tímida, quente e fugidia.


 


Quisera eu amar-te e ignorar a solidão que me rodeia


Nesta noite escura, longa e demorada


Que teima em não passar e me deixa desconsolada


De desejo arrefecido e desilusão tomada


Pelas lágrimas que teimam em cair


Na pele suada duplamente molhada


E salgada pelo amor que é dor


Em saudade espelhada.


 


Quisera eu amar-te... em mim renovada.


 


Amo-te...


 


Rosália


 



publicado por scorpiowoman às 00:37
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Maiana a 2 de Setembro de 2007 às 20:14
QUEM É MSM Q ESCREVE ESTES POEMAS???????
É A DONA DO BLOG?? OU JA SÃO FEITOS ESSAS POESIAS?
ELAS SÃO MITO LINDAS!!!!!!!!!!!!!!



PARBÉNS A QUEM ESCREVE!!!


De Rute Margarida Marques a 12 de Agosto de 2005 às 20:39
Um amigo em comum apresentou-me este blog. Parabéns pela forma linda como escreve. Para quem não têm a facilidade de pôr por escrito aquilo que sente é muito bom ler artigos como os que estão neste blog e com os quais me identifico.


De aflores a 10 de Agosto de 2005 às 09:32
Confesso que estava com saudades desta escrita...das tuas palavras...do teu sentir:)


De Maria do Cu a 9 de Agosto de 2005 às 10:40
Ternurenta dedicatória! Continue com o seu blog.
Maria do Céu.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds