Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Sábado, 16 de Abril de 2005
Saudades de ti...

2.JPG





Hoje é mais um dia igual a tantos outros. Não é qualquer data em especial, não aconteceu nada marcante, mas por uma vez apetece-me gritar aos quatro ventos (ou apenas ao que sopra lá fora) que tenho saudades de ti.



Não sei qual teria sido a tua reacção a este meu gesto, a estas palavras. Talvez ficasses emocionado, a dizer que já não compreendias estas "modernices".



Sinceramente não sei... Ainda assim, apeteceu-me partilhar com quem por aqui passa um bocadinho de ti, deixar a imagem que ainda hoje recordo do avô rabugento (o meu Avôzinho) que não queria animais em casa, que dizia que não ia ligar nenhuma e que, ao segundo ou terceiro dia de a nossa "piratinha" estar connosco, ao entrar em casa, fez primeiro uma festa à gata e só depois reparou na neta, a segurar na porta da rua, ainda de bochecha esticada à espera do beijo do costume. Não ia ligar nenhuma? Pois sim...



Tenho saudades tuas... Sabes por quê? Porque mais do que meu avô foste meu pai, meu amigo, meu professor. Criaste-me desde os dez anos, levaste-me em inúmeras viagens por este nosso Portugal, enquanto trabalhavas, durante as minhas férias de Verão, "pegaste-me" o gosto pela condução e ensinaste-me truques relacionados com carros que hoje tanto jeito me dão!



Adaptaste-te de uma forma extraordinária à mudança de mentalidades, da sociedade. Muitas vezes nem sequer parecia que estávamos separados por meio século de vida entre nós (quando eu nasci já tu contavas 51 aninhos)... Tinhas um espírito jovem e estavas sempre "em forma". Lembras-te de quando a Mãezinha (minha mãe/tua filha) dizia que nós os dois, ao embirrarmos um com o outro, parecíamos dois rapazes pequenos que a tiravam do sério? Era tão engraçada!



Tantas memórias... Quisera eu transcrever todas e nunca mais daqui sairia. Acho que davam um livro. Já viste o que seria? Deica cá ver um título... Que tal "28 Anos de Memórias"? Pois... também acho que não! Para o que me havia de dar hoje! Deve ser das saudades... Sinto tantas saudades...



Lembras-te das nossas pescarias? Eu também... Lembras-te daquela vez em que a "pescada" fui eu? "Segura a cana! Segura a cana!" E quando a força do puxão da carpa me fez cair sentada no chão e continuou a puxar-me água dentro, agarraste o meu braço e, com os teus 1,93 metros de altura e 118 quilos de peso, puxaste-me de uma só vez para a margem. Rogaste pragas à bicha, que partiu linha e levou isco, anzol e bóia pelas águas da barragem dentro e eu fiquei a olhar para ti, a rir-me com gosto. Dias mais tarde, fiquei também com uma nódoa negra para ajudar contar a história, que ainda hoje me faz rir ao olhar as fotografias de uma "pescadora" descalça e de calções, a pôr os ténis a secar ao sol quente de uma barragem deste nosso Portugal.



Olho para a frente e vejo a fotografia. Recordo o serão em foi tirada... Como nos divertimos. Reclamavas que era um disparate estar a tirar tantas fotografias à nossa "piratinha", mas acabou por ser a melhor ideia que alguma vez tivemos, não achas? Nunca esquecerei as gargalhadas que demos quando a Brida tentou trepar para cima da tua proeminente "barriguinha" ou apanhar o boneco de pelúcia com que a tentavas!



Meu bom gigante, meu querido avô... Dos cinco anos em que fomos só nós os dois ficam também muitas histórias para contar, mas para uma outra altura.



Agora, vou despedir-me como quando sabia que no dia seguinte sairias de madrugada, enquanto eu ainda estaria a dormir, para mais uma pescaria amigável ou um concurso de pesca desportiva algures. Vou deixar-te um bilhete, entalado no teu porta-moedas, para ter a certeza que o vês e lês, e vou escrever:



"Querido Avôzinho, espero que tenhas um dia bom e te divirtas muito! BOA PESCA! Beijinhos da neta reguila e refilona que gosta muito de ti!"



Boa-noite Avôzinho... Até um destes dias!


 


Rosália


 



publicado por scorpiowoman às 00:29
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De ricardomteixeira a 18 de Abril de 2005 às 01:27
"Segura a cana! Segura a cana!" deve ter sido uma situação hilariante. É optimo recordar-mo-nos assim das pessoas. Parabéns por essa tua sensibilidade e por essa tua coragem de enfrentar a partida do teu avô desta maneira bonita. Fizeste-me chorar. És a segunda que o consegue em 7 meses de blogosfera intensiva. Foi óptimo ter-te descoberto.
Saudações Nómadas...
http://nomadasperdidos.blogspot.com


De aflores a 16 de Abril de 2005 às 15:36
Este teu texto, uma linda homenagem ao Avô, fez-me viajar também no tempo e recordar o meu avô Santos. Como ele adorava dar comida aos pássaros que no telhado paravam...foi ele, também, que ás escondidas da minha mãe, me levava para o quarto para ouvir a BBC nos tempos da "outra senhora". Ele foi o meu Pai, o meu Amigo, o meu Ídolo a minha Estrela e Anjo da guarda que me acompanhou no meu crescimento, como homem e ser humano. Ainda hoje é meu guia. Faleceu depois do 25 de Abril de 1974, o dia mais feliz da vida dele.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds