Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Segunda-feira, 11 de Abril de 2005
Pequeno grande homem...
A medo, deixei que a tua mãe passasse o teu pequeno corpo para os meus braços... Senti-me insegura, como se um gesto descuidado da minha parte pudesse colocar a tua existência em risco. Afinal, a tua cabeça cabe na palma da minha mão! Acalmei-me e recebi-te com imenso carinho e amor, naquele que, para mim, foi um momento mágico e indescritível. Ao olhar para duas semanas e cinco dias de vida, ali, junto a mim, senti-me perante o milagre maior de uma vida, a essência mais pura do ser humano, e senti-me pequena, minúscula até, perante este mundo que é uma eterna renovação.
Aninhaste-te de encontro ao meu corpo, entrelaçaste as mãos e tiraste a chucha. Sozinho. Sem ajuda. Abriste os olhitos ensonados e ficaste a olhar para mim, muito sério, como se pensasses "de onde é que eu conheço esta chata que está para aqui a ‘babar-se’ para cima de mim e a dizer-me coisas tolas? Esta voz não me é estranha!". Sorri e tu foste atrás, presenteando-me com um sorriso lindo, cheio de ti.
Falei contigo e disse-te inúmeras coisas que agora já não recordo. O teu sorriso emocionou-me até as lágrimas começarem a espreitar, o que tornou a acontecer quando te aninhaste ainda mais e partiste para o mundo dos sonhos. Embalei-te um pouco mais e beijei-te a cabeça. Que cheirinho a bebé tão bom! Apeteceu-me ficar assim por muito mais tempo... A tua mãe reclamou o teu regresso ao seio materno e devolvi-te, olhando-te maravilhada.
Uma tranquilidade inesperada invadiu-me, como se a simples contemplação do teu ser resolvesse todos os males e fosse a resposta a todas as questões. Senti-me calma, serena, tranquila, emocionada.
Pouco antes de te deixar e regressar a casa, a tua mãe quase me fez chorar. Contigo ao colo, virado para mim, falou por ti: "Tia Rosália, preciso de uma pima pa bincar comigo!"
Eu sei, meu querido. Talvez em breve... Não há nada que mais deseje!
Até lá, acho que vou aproveitar e usufruir do estatuto de tia (mesmo "emprestada") e "estragar-te" com todos os mimos.
Adoro-te meu pequenino... grande no meu coração e no meu amor por ti!

Rosália


publicado por scorpiowoman às 12:16
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De angelis a 13 de Abril de 2005 às 18:58
Vá lá amiga…desta vez fui mesmo apanhada e por arrasto vens comigo… temos que nos unir no feminino e mostrarmos o que valemos na blogosfera…este é um desafio exclusivamente feminino…vamos a isso.



Passa pelo meu blog…eu também fui apanhada :))))

Não me deixes ficar mal…hehehehe…



De paulo povoa a 11 de Abril de 2005 às 16:47
e como não poderia deixar de ser, aqui o tio emprestado tinha de dar um nome ao sobrinho.
o meu sobrinho é o bolachinhas por ter aquelas bochechas assim bonitas.
e claro que o filhote tinha de ser bonito, afinal foi concebido por dois anjos de pessoas, a sua mamã e o seu papá, ou seja a pestinha e o ( ainda não arranjei alcunha para o papá ).
comigo também pode sempre contar, mas não digam isso à mamã :)


De aflores a 11 de Abril de 2005 às 12:53
Esta tia ainda vai dar que falar e encher de miminhos o "sobrinho":):)Que delícia.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds