Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011
Coitadinhos? Seremos mesmo? Ou apenas naturalmente insatisfeitos?

 

É típico, muito típico do bom português passar a vida a queixar-se (e atenção que não falo de cor, também tenho essa "costela"... como boa portuguesa que sou, pois então). Porque chove. Porque faz sol. Porque está muito frio. Porque está calor demais. Porque há vento. Porque não há vento. Ai que as coisas estão tão caras...! Ai, se é tão barato não presta ou veio da China! Enfim, um rol interminável de queixas, queixinhas e queixumes, de lamentos e lamentações a propósito de tudo e ainda mais por causa de nada.

 

Somos assim, naturalmente insatisfeitos com tudo o que temos e o que não temos, com a Vida em si.

 

Depois, há dias em que nos deparamos com notícias de outros povos, de outros países, alguns deles até bem próximos, por razões várias, deste cantinho à beira-mar plantado que parecemos estar sempre a minorar, a negligenciar, numa onda constante de pessimismo. Há dias em que nos deparamos com algo como esta notícia. E levamos um senhor murro no estômago! Daqueles valentes, que nos deixam com uma dor e um ardor valentes, que parece que até nos tiram o ar dos pulmões.


Então, por breves momentos, paramos. Páro. E pensa-se:

 

"Caramba, que sorte tenho de morar neste cantinho à beira-mar plantado, com o clima um bocado trocado mas estável e que não nos prega partidas assim tão grandes!"

 

Ah e tal e a crise... Crise? Meus senhores, crise só se for a de valores (essa sim cada vez maior e gritante!) com que me deparo todos os dias, desde que saio de casa até que nela volto a entrar, salvo raras excepções, claro está. Crise? Só se for aquela que atinge quem trabalha e cumpre, porque aos outros... enfim.

 

Crise? Eu teria uma crise se perdesse tudo quanto tenho, mas acima de tudo, todos a quem amo e a quem quero bem de um modo tão cruel como o que aconteceu com estas pessoas (porque o eram, de carne e osso, como nós... embora a distância possa atenuar essa percepção). Aí sim, eu viveria uma crise.

 

O resto? O resto é relativo... Nunca ninguém disse que a vida é fácil (e qual seria a piada se tudo fosse conseguido sem um bocadinho de luta?), mas não há necessidade de fazer dramas (de que o bom português tanto gosta). Para novelas, já bem bastam as da ficção nacional!

 

Conformismo? Claro que não. Realismo, se faz favor.


E já agora, aproveitar um bocadinho para viver de facto a vida e dela tirar o devido "sumo", valorizando-nos e a todos quantos nos rodeiam e queremos bem; acreditando que, quando queremos algo, não há impossíveis e apenas depende de nós conquistá-lo; aprendendo que a insatisfação é, apenas, mais um caminho para a não felicidade.

 

Com esta me vou... Bom fim de semana!

 

Rosália.


sinto-me:

publicado por scorpiowoman às 14:40
link do post | favorito
|

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds