Este é o meu refúgio, o meu abrigo. Aqui espelho o meu eu, sob a forma dos meus pensamentos feitos palavras...
Terça-feira, 7 de Abril de 2009
Algures...

yttsfffff.jpg


Passará esta dor alguma vez?


Sinto-me imersa em mim mesma, perdida entre razão e emoção, sem saber o que fazer para me perdoar da decisão que tomei.


Quero libertar-me, mas não sei como.


Quero viver, embora tudo me lembre a morte.


...


Rosália, 07/04/2009


 


Somewhere


Within Temptation


Lost in the darkness, hoping for a sign
Instead there is only silence,
Can't you hear my screams?
Never stop hoping,
Need to know where you are
But one thing's for sure,
You're always in my heart

I'll find you somewhere
I'll keep on trying until my dying day
I just need to know whatever has happened,
The truth will free my soul

Lost in the darkness, try to find your way home
I want to embrace you and never let you go
Almost hope you're in heaven so no one can hurt your soul
Living in agony 'cause I just do not know
Where you are

I'll find you somewhere
I'll keep on trying until my dying day
I just need to know whatever has happened,
The truth will free my soul

Wherever you are, I won't stop searching
Whatever it takes, need to know

I'll find you somewhere
I'll keep on trying until my dying day
I just need to know whatever has happened,
The truth will free my soul



publicado por scorpiowoman às 13:36
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De aflores a 11 de Abril de 2009 às 16:46
Um abraço apertado de Norte...não te põe um pouquinho mais bem disposta? E um sorriso? :)
Vá lá...


De Azoriana a 9 de Abril de 2009 às 12:42
Lamento o sucedido mas tenta reagir. Compreendo o teu sofrimento porque agora que tenho um animal de estimação, sei o que custa perdê-lo... mas há que encarar a situação. Não te culpes e anima-te.

Beijinhos e uma Feliz Páscoa porque Deus é o nosso melhor amigo.


De Paulo Povoa a 7 de Abril de 2009 às 23:31
Não tens nada que te culpar, simplesmente acabas-te com o sofrimento dele e isso foi o melhor para ele. Pára de te culpar que não há nada para te culpares


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

Há 43 anos

Oito anos depois

Incertezas

Até sempre, Minha Maria

Inesquecível

Hoje

Não mata, mas mói...

Aos meus Pais

Um novo Natal, o mesmo se...

Um ano depois...

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds